Lançamentos contábeis

Um lançamento contábil é formado por, no mínimo, uma linha de crédito e uma de débito, podendo ter várias de cada tipo.  O lançamento, como um todo, é identificado por um número.

Origens de lançamentos contábeis

Há 3 origens de lançamentos contábeis:

  • automáticos operacionais: criados pelas operações do dia-a-dia da empresa, tais como o recebimento e emissão de NFs, a criação e o pagamento de títulos, movimentações, etc.
  • automáticos de custeio: criados pelo  custeio, a partir de movimentações secundárias. São os lançamentos cujos tratamentos contábeis (TCs) tem tipo:
    • MOV: movimentação não associada a NF emitida ou recebida. Toda movimentação que inclua valor gera automaticamente as suas linhas de lançamento contábil
    • CCI: transferência de valor de centros de custos indireto para direto
  • manuais: inseridos manualmente

Exemplos de lançamentos contábeis de notas fiscais

Recebimento de nota fiscal de compra para industrialização em empresa do lucro real:

D | Valor bruto | Compras
C | Valor bruto | Fornecedores a pagar (Passivo)

D | Valor crédito impostos | Impostos a recuperar (Ativo)
C | Valor crédito impostos | Compras

D | Valor líquido | Estoque (Ativo)
C | Valor líquido | Compras

Venda de produção do estabelecimento

D | Valor da NF | Clientes a receber (Ativo)
C | Valor da NF | Receitas (Resultado)

D | Custo dos produtos | CPV (Resultado)
C | Custo dos produtos | Estoque (Ativo)

Exemplo de lançamentos contábeis desde a compra da matéria prima até o faturamento

ATENÇÃO (números de contas fictícios).
Os lançamentos contábeis gerados são os seguintes:

1) No recebimento da nota fiscal do fornecedor:
Débito: 235 Compras de matérias-primas (1.01.03.02.02)
Crédito: 36 Fornecedores (2.01.01.01)

Débito: 11 Estoque de matérias-primas (1.01.03.02.01)
Crédito: 237 (-) Transferência para o estoque de matérias-primas (1.01.03.02.04)

2) Na baixa da matéria prima para a ordem de produção:
Débito: 12 Estoque de produtos em processo (1.01.03.03.01)
Crédito: 11 Estoque de matérias-primas (1.01.03.02.01)

3) Na conclusão da ordem de produção:
Débito: 13 Estoque de produtos acabados (1.01.03.04.01)
Crédito: 12 Estoque de produtos em processo (1.01.03.03.01)

4) No faturamento para o cliente:
Débito: 16 Clientes (1.01.02.01.01)
Crédito: 44 Receita da venda de produtos de fabricação própria (3.01.01.01)

Débito: 127 Custo dos produtos vendidos (CPV) (4.01.01)
Crédito: 13 Estoque de produtos acabados (1.01.03.04.01)