Estoque e movimentações

Estoque e movimentações

Vide também

 

Propriedades do estoque

O estoque é uma lista de registros com as seguintes informações principais:

  • Item
  • Quantidade, sempre expressa na unidade de medida interna do item
  • Conta contábil que representa o local de estoque (almoxarifado, fábrica, expedição, etc…)
  • Valor
  • Tipo:
    • Normal: estoque normal, não em elaboração. O campo ‘OP/OM’ não é preenchido.
      • Os 3 tipos a seguir são relativos a Ordens de Produção ou de Manutenção. O campo ‘OP/OM’ é preenchido.
    • Produção: estoque em elaboração pela OP/OM, recebe o valor dos insumos que agregam valor diretamente à produção ou ao conserto. No caso de Ordem de Produção, o item constante do estoque é o item em elaboração. No caso de Ordem de Manutenção, o item não é o objeto da manutenção (vide “Objeto”, abaixo), mas sim um item como “Troca de óleo”, “Balanceamento”, ou “Inspeção de 1 ano”.
    • Consumido: registros que recebem os itens consumidos pela OP/OM, mas não incorporados ao valor do registro do tipo ‘Produção’ correspondente. Exemplo: peças vendidas separadamente, ou de propriedade de terceiros, que constarão como venda separada, ou devolução fiscal.
    • Objeto de manutenção: registro de estoque que contém o equipamento sob manutenção, identificado na tabela de lotes registrados, pelo número de série, lote interno e/ou lote do fabricante.
  • Ordem de produção ou de manutenção: se o estoque for do tipo Produção, Consumido ou Objeto.
  • Quantidade reservada para determinado item de pedido de venda, se não houver reservas para mais de um item de pedido de venda
  • Qualidade
  • Lote ou número de série: visando a rastreabilidade, a data de fabricação, reanálise, etc. Estes dados são ou não armazenados em função da forma de estocagem selecionada no cadastro do item.
  • Em poder de: empresa em cujo poder se encontra o material. Exemplo: estoque em poder de terceiros.
  • De propriedade de: empresa proprietária do material.  Exemplo: estoque de terceiros, em nosso poder.
  • Endereço de estoque

Propriedades das movimentações de estoque

  • Fixar o valor desta movimentação (checkbox)
    • se desmarcado, o custeio usa o valor do estoque de origem, que é calculado pelo próprio custeioEsta é a situação mais comum.
    • se marcado, o custeio usa o valor digitado na própria movimentação.

Por que manter o estoque atualizado?

Necessidades líquidas = necessidades brutas – estoque

As necessidades brutas indicam o que será consumido, seja para venda para o faturamento, seja para a produção.

As necessidades líquidas indicam o que precisa ser comprado, ou produzido, para atender esse consumo.  Para cada item, as necessidades líquidas são iguais às necessidades brutas, menos o estoque.

Exemplo:

  • o consumo de um item é de 100 unidades (necessidade bruta)
  • temos 35 unidades em estoque
  • portanto a necessidade líquida (o que precisa ser comprado ou fabricado) é de 100 – 35 = 65 unidades.

Portanto, para calcular o que é necessário comprar ou fabricar, é necessário manter o estoque atualizado.

Como manter o estoque atualizado?

Para manter o estoque atualizado, é necessário registrar todas as movimentações de entrada ou saída no estoque, no momento em que estas movimentações ocorrem. Na medida do possível estas movimentações devem ser registradas automaticamente.

Exemplos:

  • recebimento de material de fornecedor, através da leitura do arquivo XML da NF recebida
  • estocagem
  • transferência para a expedição
  • venda: transferência para cliente pela emissão da NF de saída
  • baixa de insumos para ordens de produção

As movimentações de material podem ocorrer entre os seguintes tipos de locais:

  • Entrada (ie fora da empresa)
  • Estoque
  • Insumo de OP (operação)
  • Produto de OP
  • Saída (ie para fora da empresa)

Entre esses tipos de locais, podem ocorrer várias combinações de origem e destino, tais como:

  • de Entrada para Estoque
  • de Estoque para Saída
  • de Estoque para Estoque
  • de Estoque para Insumo de OP
  • de Produto de OP para Estoque
  • estorno/devolução de cada uma dessas movimentações
  • etc…

Estoque em elaboração e baixa por explosão

Outro caso de itens no chão de fábrica (estoque em elaboração) é o dos itens baixados para o chão de fábrica, mas ainda não foi baixados como insumo de uma OP, por exemplo no canban.

A baixa “por explosão” (backflushing), similar ao canban, só baixa para a OP insumos já transferidos para o chão de fábrica, não insumos ainda no estoque de matérias primas, ou outro.

Emissão de NFs (saída ou recebida) com ou sem estocagem

O fato de haver ou não movimentações e estocagem na emissão de NFs de saída ou recebida depende:

a) da configuração de estoque ‘Ao emitir/receber notas fiscais, movimentar estoque’: se estiver desligada, não há movimentação de estoque.

b) da configuração “Usa contabilidade”

c) se a configurações “Ao emitir/receber notas fiscais, movimentar estoque” e “Usa contabilidade” estiverem ligadas, então depende da Finalidade da Operação fiscal. Se esta não for “Estoque”, então não há movimentação de estoque.

d) se a configuração “Ao emitir/receber notas fiscais, movimentar estoque” e “Usa contabilidade” estiverem ligadas, e a Finalidade da Operação fiscal for “Estoque”, haverá movimentação se o checkbox “Movimenta estoque” da Operação fiscal estiver ligado.

e) se a configuração “Ao emitir/receber notas fiscais, movimentar estoque” estiver ligada e a configuração “Usa contabilidade” estiver desligada, haverá movimentação se o checkbox “Movimenta estoque” da Operação fiscal estiver ligado, independente da Finalidade (que não aparecerá porque a configuração “Usa contabilidade” está desligada).

As instruções abaixo assumem que o usuário esteja na página de estoque, que pode ser acessada através do menuEstoque -> Estoque da página inicial.

Atenção

A tela de movimentações é principalmente um histórico. A única operação possível a partir dessa tela é o estorno da movimentação apontada.

Qualquer nova movimentação é feita a partir da tela de estoque.

Como inspecionar

Para inspecionar um lote:

  1. Na grade de estoque, selecione o registro desejado e clique no menu Ações -> Inspecionar;
  2. Altere os dados pertinentes, por exemplo, a qualidade de NI para OK e em seguida clique no botão [Salvar].

Como dar entrada manual no estoque, sem NF

Vide Entrada e saída manual no estoque.

Vamos colocar 50 kg de madeira no estoque, seguindo o procedimento mostrado abaixo.

TelaSelecionarCadastrarClicar
Grade de estoqueMenu interno Operações > Entrada manual no estoque
Tela de Acerto de estoque- Item
- quantidade
- os demais campos são opcionais
Salvar
Grade de estoque

Como dar saída manual do estoque

  1. Na grade de estoque, selecione o registro desejado;
  2. Clique no menu Ações -> Nova saída manual;
  3. Informe a quantidade que deseja diminuir do estoque e clique em [Salvar].

Como ajustar a quantidade do estoque

  1. Clique no ícone lápis do registro desejado, ou selecione um registro e clique no menu Ações -> Acerto de estoque;
  2. Preencha o campo quantidade: para aumentar ou diminuir o estoque informe valores positivos ou negativos, respectivamente.
    • Opcionalmente você pode preencher o campo quantidade final, e a quantidade da movimentação será preenchida automaticamente.
  3. Clique no botão [Salvar].