Números de série

Números de série

Para que um item tenha números de série, sua forma de estocagem deve ser “por número de série”.

Os números de série (NS) identificam permanentemente cada unidade de um produto, conferindo ao sistema de gestão várias características interessantes:

  • rastreabilidade: os NS são registrados em cada movimentação de material, seja de recebimento, estocagem, baixa para ordem de produção ou expedição. Sabe-se portanto qual NS de uma peça foi inserido em qual NS de um produto, o que é relevante para empresas associadas à saúde, aeronáutica e segurança em geral.
  • histórico: pode ser mantida uma referência a cada material identificado por NS, e suas características, mesmo que saia do estoque. Isto permite manter o seu histórico, ou prontuário, contendo, por exemplo, as entradas de cada veículo ou equipamento, notas fiscais referentes a manutenções, com os materiais utilizados e serviços realizados, as inspeções realizadas e as revisões agendadas.
  • etiquetas: os números de série podem ser impressos e lidos de etiquetas, segundo o padrão GS-1, ou outro, sob consulta.

O ERP MAXIPROD:

  • lê e registra os números de série dos produtos fornecidos por terceiros
  • gera os números de série dos produtos fabricados pela própria empresa

Formação do número de série dos produtos da própria empresa

Como é formado o número de série dos produtos da própria empresa?

O número de série é um identificador alfanumérico único para determinado fabricante. Ou seja, uma empresa que fabrica vários produtos identifica cada unidade produzida através de um número de série, com codificação única para a empresa.

A formatação (conteúdo, separadores, etc) do número de série é uma decisão interna de cada fabricante, disso resultando um identificador alfanumérico.

No MAXIPROD,  o número de série será formado por:

  • um prefixo definido para cada código de item fabricado. Vários itens fabricados podem ter o mesmo prefixo.
  • um hífen “-” como separador entre o prefixo e o número sequencial. Se não houver prefixo, também não haverá separador.
  • um número sequencial

Tabela de prefixos de números de série

Esta tabela tem os seguintes campos:

  • o prefixo propriamente dito, obrigatório se o produto tiver estocagem por número de série. É possível especificar um prefixo “vazio”. Neste caso não haverá o hífen de separação.
  • a quantidade de caracteres do número associado ao prefixo
  • o próximo número a ser usado

Exemplo

Se:

  • o prefixo correspondente ao código de um item estocado por número de série for FGZ
  • o próximo sequencial deste prefixo for 4
  • a quantidade de dígitos numéricos para esse prefixo for 6

então o próximo NS a ser criado, dos itens que tem o prefixo FGZ, será FGZ-000004.

 

OPs múltiplas com insumos rastreáveis por unidade

Seja uma OP com as seguintes características:

  • a OP produz várias unidades de um mesmo item, com tipo de estocagem por número de série;
  • alguns insumos também são estocados por número de série, devendo-se associar 1:1 cada lote ou unidade do insumo com a respectiva unidade do produto.
  • outros insumos não requerem associação 1:1 com a unidade do produto.

O MAXIPROD:

  • armazenará de forma global as baixas dos insumos não estocados por número de série, mostrando as quantidades baixadas para a OP como um todo;
  • no caso dos insumos estocados por número de série, mostrará qual NS de cada insumo foi baixado para cada NS do produto.