NF-e denegada

NF-e denegada

Há três possíveis motivos para a denegação de uma NF-e pela Receita:

  1. problema com o CNPJ ou Inscrição Estadual da empresa.
  2. irregularidade com o CNPJ do destinatário em relação à SEFAZ.
  3.  Os dados cadastrados do cliente no MAXIPROD não correspondem aos que este tem registrado na SEFAZ.

Primeiramente, recomendamos a consulta da situação dessa NF-e. Para fazer a consulta, utilize a chave de acesso, no link abaixo:

http://www.nfe.fazenda.gov.br/portal/consulta.aspx?tipoConsulta=completa

A mensagem de denegação mais comum é:

Neste caso, provavelmente ocorreu o motivo 2, onde o destinatário possui alguma irregularidade com a SEFAZ. Confira se os dados cadastrados para esse cliente estão corretos e correspondem ao seu CNPJ, através do link:

http://www.sintegra.gov.br/

Também pode ser utilizada a opção de “Buscar dados da SEFAZ”:

Se os dados estiverem corretos, sugerimos que contate diretamente o cliente, informando que a NF-e foi denegada. Caso tenha encontrado alguma inconsistência nos dados cadastrados,  corrija-os e tente enviar uma nova nota fiscal.

Lembramos que uma NF-e que foi denegada não pode ser reenviada, pois ela já consta da base de dados da SEFAZ com sua numeração gravada.

É necessário enviar uma nova NF-e com nova numeração. Para facilitar esse envio, você pode usar um dos atalhos existentes no sistema: Na tela de Notas Fiscais > Selecione a NF-e que foi denegada > Vá no menu Ações > Duplicar registro selecionado. Isso resulta na criação de uma nova NF, idêntica à NF selecionada.

Caso a NF-e seja denegada novamente, entre em contato com o destinatário.

Depois de corrigidas as irregularidades, faça um novo envio de NF-e, com uma nova numeração, conforme explicado acima.