ERP com configurador de produtos: um exemplo completo

ERP com configurador de produtos: um exemplo completo

O configurador de produtos simplifica e acelera o projeto e o orçamento, dentro das linhas de produtos, ou grupos de itens da empresa. Uma vez configurado, o item está pronto para ser tratado pelos demais processos (proposta de venda, compras, produção, etc) realizados pelo sistema de gestão, o ERP Industrial MAXIPROD.

Mangueiras hidráulicas (configurador de produtos)

Em várias empresas, das mais simples às mais complexas, a venda começa pela definição de uma nova variante de um produto. Exemplos:

  • Mangueiras: há uma infinidade de combinações de tipos e comprimento de tubos e de terminais
  • Esquadrias, vidraças, espelhos
  • Móveis, com diferentes combinações de materiais, dimensões, acabamento
  • Transformadores
  • Bens de capital em geral

Cada grupo de itens, uma entidade básica do ERP MAXIPROD, pode ser considerado como um item genérico, com variações de:

  • itens-filho opcionais
  • quantidade de cada item-filho
  • parâmetros do item-pai
  • operações com tempos a definir

O configurador de produtos pode selecionar um item existente, ou criar um novo item, dentro do grupo, que atende os requisitos.

Em muitos casos, esses tempos e quantidades podem ser calculados automaticamente pelo configurador, resultando também o custo industrial.

Uma forma simples de configurador de produtos pode ser usada no projeto de peças de um único insumo, como por exemplo retângulos ou perfis cortados de um só material. Dados alguns parâmetros, o configurador determina automaticamente o código e a quantidade do insumo.

A atuação do configurador de produtos pode ser completamente automática, gerando a estrutura de produto a partir do valores dos parâmetros do item-pai, ou assistida pelo projetista.

1. Exemplo: montagem de mangueiras hidráulicas

Uma empresa monta mangueiras hidráulicas, sendo cada mangueira composta por 3 partes: um tubo e 2 terminais, que chamaremos de T1 e T2. Há diversas variantes de tubos e terminais, em diâmetros, roscas e vedações (cadastro DEMSUR).

1.1. Cadastramento do configurador

Organizamos os itens da fábrica de mangueiras em 3 grupos: mangueira montada, tubo e terminais.

Grupos usados na configuração de mangueiras

 

Montamos a estrutura de produto do grupo MMONT (Mangueira montada), com os 3 itens-filho: tubo, terminal 1 e terminal 2.

Estrutura de produto do grupo “Mangueira montada”

 

1.1. 1. Montagem do grupo TUBO

O grupo Tubo tem 2 parâmetros identificadores, que são a norma (ou material) e o diâmetro, e cada um desses parâmetros tem um conjunto de opções:

Parâmetros do grupo Tubo

As imagens abaixo exibem os valores dos conjuntos de opções NOR_MNG e DIA_MNG.

Normas (materiais) do tubo da mangueira

 

Diâmetros dos tubos de mangueira

Agora podem ser cadastrados os itens do grupo, com as diferentes combinações dos parâmetros identificadores. Caso todas as combinações existam, pode ser clicado o menu “Ações > Gerar itens do grupo-grade” com o cursor apontando para o grupo “Tubo” na grade de grupos, e o cadastro será automaticamente montado:

Itens do grupo Tubo

 

1.1.2. Montagem do grupo TERMINAL

O grupo Terminal tem 3 parâmetros identificadores, e cada um desses parâmetros tem um conjunto de opções:

Parâmetros do grupo Terminal

 

As imagens abaixo exibem os valores dos conjuntos de opções dos parâmetros do grupo Terminal.

 

Tipos de terminal
Diâmetros das roscas dos terminais

 

Tipos de vedação dos terminais

Agora podem ser cadastrados os itens do grupo, com as diferentes combinações dos parâmetros identificadores. Caso todas as combinações existam, pode ser clicado o menu “Ações > Gerar itens do grupo-grade” com o cursor apontando para o grupo “Terminal” na grade de grupos, e o cadastro será automaticamente montado:

Itens do grupo Terminal

 

1.1.3. Configuração da mangueira montada

Por sua vez, o grupo MMONT (Mangueira montada) tem o seguinte conjunto de parâmetros:

Parâmetros do grupo Mangueira montada

A configuração de uma mangueira será feita a partir da definição dos valores desses 9 parâmetros, um dos quais é o comprimento da mangueira, portanto do tubo. A partir desses parâmetros serão selecionados:

  • o tubo e seu comprimento
  • o terminal 1
  • o terminal 2

A relação entre os valores dos parâmetros do produto final (a mangueira montada) e os seus itens-filho é definida por expressões de parâmetros.

A imagem a seguir mostra as expressões de parâmetros do tubo.

Expressões de parâmetros do tubo

Estas expressões indicam que deve ser selecionado um tubo que tenha:

  • o valor do parâmetro NTB igual ao valor do parâmetro NOR do seu item-pai, que é a mangueira montada.
  • o valor do parâmetro DTB igual ao valor do parâmetro DIA da mangueira montada.

A imagem a seguir mostra as expressões dos parâmetros dos 2 terminais T1 e T2:

Expressões de parâmetros dos terminais T1 e T2.

Observa-se que essas expressões dizem respeito a 2 terminais, que se encontram respectivamente nas posições 20 e 30 da estrutura de produto.

Os parâmetros do terminal que se encontra na posição 20 são associados aos valores dos parâmetros T1T, T1R e T1V da mangueira montada. Já os parâmetros que se encontram na posição 30 são associados aos valores dos parâmetros  T2T, T2R e T2V da mangueira montada.

1.2. Exemplo de projeto usando o configurador de mangueiras hidráulicas

O objetivo deste configurador de produtos é automatizar a montagem da estrutura de produto de mangueiras hidráulicas.

Ao receber o pedido de uma mangueira montada, é apresentada a lista de parâmetros do grupo MMONT, cujos valores são preenchidos pelo usuário:

Parâmetros do produto a configurar

Vá para a grade de estrutura de produto do novo item criado, onde os itens-filho ainda são grupos. Sucessivamente, aponte para cada grupo-filho e clique no menu “Ações > Substituir grupo por item”, sendo automaticamente selecionado o item que satisfaz as expressões de seu grupo e os valores dos parâmetros do item pai, no caso a mangueira montada. Se houver mais de um item já cadastrado no grupo-filho que satisfaz, o conjunto é apresentado para seleção pelo usuário. Se não nenhum item já cadastrado do grupo-filho satisfaz, o usuário pode criar um novo.

Assim, é gerada a estrutura:

Estrutura de produto gerada pelo configurador

2. Grupos e itens-filho opcionais de um grupo

Na estrutura de produto de um grupo há um checkbox permanente/opcional em cada linha de item/grupo filho.  Se for permanente, o item/grupo filho aparecerá como filho de todos os itens criados no grupo. Se for opcional haverá um checkbox para inclusão ou não, pelo usuário, na estrutura de produto de cada item do grupo.

Na estrutura de produto de um item:

  • para apagar a ligação do item-pai com um item-filho opcional de um grupo, clicar o ‘x’ de apagar a ligação, na coluna à esquerda da grade de estrutura de produto.  A partir daí, é como se o checkbox de opcional tivesse sido desmarcado. O registro pai-filho é apagado.
  • para recolocar este item filho:
    • marcar o checkbox de inclusão dos itens-filho opcionais do grupo do item-pai, na região dos filtros:  reaparecerão os itens e grupos-filho, em vermelho, pois ainda não foram selecionados. O registro pai-filho ainda não é inserido.
    • ao selecionar um item-filho opcional marcando o checkbox à esquerda da grade, é inserido o registro pai-filho, e a linha deixa de ser vermelha.

3. Outro exemplo

Vide outro exemplo de configurador de produtos: projeto de retângulo de chapa

4. Projeto interativo

A função “projeto interativo”, que pode ser chamada a partir de um item em projeto… (a completar).

5. Vendas por comprimento, área, etc